Menu

História da arquitetura: uma grande fonte de inspiração

28/05/2021 - Equipe Comunicação/Portobello

Você já reparou como é possível conhecer a história de uma cidade apenas olhando para os edifícios dela? A conservação de prédios, por exemplo, mostra quem tem orgulho de seu passado e deseja lembrá-lo.

A história da arquitetura fala sem palavras, apenas com formas, cores e detalhes. Construções antigas também revelam o comportamento de grupos em um determinado espaço e tempo.

Assim, elas contam a história da humanidade. Entenda!



Construído entre 1632 e 1653 com a força de 20 mil homens, o Taj Mahal é uma das mais importantes obras da história da arquitetura e uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno (Foto: Sanket Arun Chhajed)


História da arquitetura: conceito



Construção com arquitetura da Escola de Bauhaus, vertente da arquitetura moderna (Foto: PxHere)


A arquitetura é um tipo de arte que se manifesta em edificações. Por isso mesmo, a história da arquitetura pode ser considerada uma subdivisão da história da arte que estuda o desenvolvimento das construções humanas ao longo do tempo.

O termo “arquitetura” geralmente se refere a edifícios, mas em sua essência é muito mais amplo, incluindo campos que agora consideramos práticas especializadas, como engenharia civil, naval e militar, além do urbanismo e do paisagismo.


Arquitetura na Pré-história

Sim, a história da arquitetura também tem sua pré-história! E ela nasce com a agricultura, quando o homem abandona o nomadismo e adota o sedentarismo, ou seja, passa a ter um local fixo para morar. 

Durante o período Neolítico (10.000 a 2.000 a.C.), o homem começa a criar plantas e a domesticar animais, o que muda a relação entre as comunidades e a forma de vivência adotada até então. Os grupos começam a viver mais tempo em uma determinada região e dela tirar o que necessitam para a subsistência.

Assim como acontece com praticamente toda a atividade humana, é muito difícil identificar o marco histórico do surgimento da história da arquitetura. Os resquícios mais antigos que conhecemos estão ligados às cidades pioneiras do Oriente Médio e da Ásia Central. As residências eram construídas com tijolos crus, feitos de lama e secos ao sol. Até hoje, esse tipo de material é muito utilizado em construções populares.

O abrigo é uma construção importantíssima na história da arquitetura e crucial para o desenvolvimento da humanidade. Com o passar dos milênios, surgiu o mito da cabana primitiva, invocado pela primeira vez por Vitrúvio (I a.C.), que prega que os deuses deram a sabedoria para construir seu lar: uma construção de madeira com quatro paredes e telhado duas águas.

Stonehenge