Menu

A casa da Clarice Lispector

12/04/2024 - Comunicação NCD

A estrutura da Santa Casa de Misericórdia na Praça Maciel Pinheiro, número 387, na Boa Vista, na área central da cidade de Recife será ressignificada. O primeiro endereço de Clarice Lispector e da família na capital pernambucana, logo após a chegada ao Brasil e um breve período em Maceió, é um prédio de memória. 





A futura escritora chegou ao Brasil em 1922, ainda criança, junto com os pais e duas irmãs deixando para trás a vida difícil na Ucrânia e a Guerra Civil na Rússia. A casa em Recife é a segunda morada da família Lispector no Brasil e estava abandonada com portas e janelas bloqueadas com tijolos e cimento, telhado destruído e paredes pichadas. 






Um novo capítulo dessa história está prestes a começar com a transferência da posse do sobrado da Santa Casa de Misericórdia para a Associação Casa Clarice Lispector com um contrato de comodato com duração de 25 anos. A ideia da construção do museu surgiu há quatro anos durante a celebração do centenário da escritora revelando a obra da escritora repleta de cenas simples e tramas psicológicas que traduzem a cenas cotidianas. 




A obra deve começar em junho deste ano e a previsão é finalizar em 2025. A reforma da casa de Clarice Lispector deve custar R$ 7 milhões e será custada com recursos de doações. O projeto de restauro e arquitetônico prevê um “um espaço de diálogo e reflexão, proporcionando ao público e entusiastas da literatura, a oportunidade de interagir na escrita, ideias e trajetórias da autora, assim atraindo turistas e visitantes”. 




O museu será composto por um acervo de peças doadas por Paulo Gurgel, filho de Clarice como o escritório, fotografias, decoração, sofá, cortinas e máquina de datilografia. Um ambiente que será uma passagem pelo processo criativo da escritora e uma viagem no tempo por meio de obras literárias em português e outras línguas, cartas escritas para familiares e outros escritores, vídeos, entrevistas e móveis usados pela Clarice. "No térreo, vai ter espaços para lançamento e venda de livros. A gente vai ter toda uma estrutura montada para o ensino médio. A gente vai trazer palestras, com várias conferencistas e professores de literatura, que vão expor Clarice para o ensino médio em Pernambuco", revela o presidente da Associação Casa Clarice Lispector, Moisés Wolfenson.

 



A proposta de restauro é uma valorização do legado literário de Clarice, trazendo a essência de elementos arquitetônicos, exposição e projeto luminotécnico. Um museu de lembrança e preservação da trajetória da Clarice Lispector que expressou amor pelo Recife nas obras e tem o título de cidadã pernambucana.